Igreja Templária Antiga (ITA).
Jules Doniel+Cedaior+Sevananda+Thoth+Sadok

A Igreja Templária Antiga (ITA) é uma igreja independente e autocéfala dentro da tradição cavaleiresca tradicional ocidental, onde dedica-se a propagar a Doutrina Iniciática Crística, também chamada de “Gnose”, a todos os cristãos que pertençam a alguma Ordem, Fraternidade ou Igreja da Tradição Iluminista Ocidental.

O depósito da Fé da ITA está fundamentado nos primeiros Sete Concílios Ecumênicos da Igreja Indivisível; nos Antigos Credos e nos Mistérios Tradicionais ou Sete Sacramentos da Igreja.

A Liturgia desta Igreja é do Rito Templário, com raízes na Liturgia Latina.

A Sucessão Apostólica da ITA é oriunda da Igreja Católica Apostólica, possuindo também, várias Sucessões suplementares (Patriarcado de Antioquia, Igreja Católica Siro-Malabar, Igreja Vétero Católica Alemã, Ecclesia Apostólica Rosacruciana, Igreja Gnóstica Joanita, etc.).

A ITA não oficia cerimônias públicas e nem propaga seus ensinamentos fora dos meios iniciáticos Crísticos.

A ITA fixa seu ministério em duas ordens de ação:

1) Manter viva a Doutrina Iniciática Crística, onde a Fé e o Conhecimento são mais suscetíveis de perderem sua ortodoxia (Sociedades Secretas de caráter Iluminista, Martinismo, Rosacrucianismo, Maçonaria...).

2) Lutar contra a ação demoníaca sob todas as formas, por meio de exorcismos particulares (operações individuais de seus membros) e coletivos (operações coletivas em certas épocas do ano).

A ITA, em conformidade com a tradição templária, pratica e encoraja o culto mariano, simbolizado por Nossa Senhora Maria, Arquétipo da Grande Mãe e coloca os ministros de seu clero sob os auspícios da célebre Virgem Negra do Templo.

A ITA promove o Ecumenismo, considerado como uma manifestação da Grande Lei do Amor formulada pelo Cristo e possui laços de amizade com outras Comunidades Religiosas.

A ITA aceita as Sagradas Escrituras como palavras inspiradas pelo Espírito Santo e as complementa com uma série de escritos apócrifos, considerados como o esoterismo dos textos canônicos.

Considera como comentários realmente gnósticos as obras de Orígenes Adamantius de Alexandria e Clemente de Alexandria.

A ITA também busca inspiração nas grandes obras místicas judaicas, no estudo da Santa Kabalah e nas obras dos grandes Mestres do Ocultismo Tradicional.

Entre em contato para solicitar mais informações e, quem sabe, algum dia poder fazer parte desta rica e sublime tradição.